E-mail: [email protected]   |   Telefone: (41) 99521-8611

Suporte 24/7

A estratégia de Marketing do novo álbum da Beyoncé vai contra a onda do TikTok
29 de julho de 2022

Da mesma forma que a Diana Ross na The Supremes e o Michael Jackson no Jackson 5, a Beyoncé já sabia desde os seus primeiros momentos no Destiny’s Child como chamar a atenção e cativar o público com seu talento, voz e performance.

E ser como os outros nunca foi suficiente para a “Queen Bey”. Como diz o seu verso na música de Nicki Minaj, ela “mudou o jogo quando o digital evoluiu”, fazendo alusão ao lançamento supresa do seu álbum autointitulado Beyoncé em 2013, que questionava todo o status quo da indústria musical naquele momento.

Agora, com o seu novo álbum Renaissance, a Beyoncé volta a inovar. A cantora está aproveitando a febre do conteúdo de mídia social, mas sem ser muito volátil, nem snackable.

Podemos dizer que a Beyoncé está nadando contra a corrente do TikTok que muitos profissionais da música — e do Marketing! — estão acompanhando. Só que a estratégia evergreen da cantora tem muito para nos ensinar sobre como chamar a atenção no digital, sem depender de tendências e adotando uma abordagem mais sólida e consistente.

Acompanhe a leitura para saber o que essa fera do Marketing está aprontando!

Renaissance = renascer

A indústria da música tem mudado muito nos últimos anos. Nesse processo, ela acabou se condicionando a demandas e comportamentos dos canais de mídia social, em especial o TikTok. Artistas como Hasley e Doja Cat chegaram a se manifestar publicamente sobre essa situação que ficou caótica.

É legal fazer músicas que se tornam tendências e danças virais, mas não quando isso vira uma obrigação e todo mundo tem que aderir. E sobre as faixas mais longas? Vocais? Referências? E sobre entregar a experiência de um álbum inteiro para os fãs?

É aí que a Beyoncé entra em cena, anunciando um álbum de 16 faixas, com grandes referências de disco/house e colaborações de lendas como Grace Jones e Nile Rodger. E se você pensa que isso não é grande coisa, confira o que a revista Rolling Stone Magazine afirma sobre o cenário musical atual:

“Mesmo artistas que prosperam na plataforma têm comentado, com leveza, que são forçados a publicar conteúdo. A Doja Cat fez uma colaboração dom a Taco Bell com uma reclamação irônica sobre a parceria. ‘Preciso mesmo fazer esse TikTok… eles querem que eu faça rap sobre pizza mexicana’, disse a cantora. ‘Então, eu só queria te avisar antes de você ver essa merda, é contratual. Shh. Eu sei que é ruim.’ (Inclusive, tem artistas que estão satirizando o movimento. A Charli XCX até brincou dizendo que estava ‘mentindo por diversão’ após alegar que sua gravadora pediu para ela fazer oito TikToks por semana.)”

Tudo isso não foi por acaso, e a Beyoncé busca se pronunciar sobre o tema. No seu site oficial, a cantora publicou uma carta aberta para falar mais sobre o que é o Renaissance.

Ao nível pessoal, ela compartilha: “A criação desse álbum me deu um lugar para sonhar e encontrar uma fuga durante um período assustador para o mundo. O álbum fez com que eu me sentisse livre e aventureira em um tempo em que havia pouco movimento. Minha intenção era criar um lugar seguro, sem julgamento. Um lugar livre de perfeccionismo e pensamento excessivo. Um local para gritar, soltar, sentir liberdade. Foi uma bela jornada de exploração.”

E para os fãs, que aguardaram 7 anos por um novo álbum, ela disse: “Espero que você encontre alegria nessa música. Espero que ela te inspire a liberar o movimento. Ah, e se sentir a pessoa tão única, forte e sexy que você é.”

Nessa nota, fica bastante claro quais são as prioridades da Beyoncé com esse projeto, e que ela escolheu não perder originalidade ou qualidade para alcançar a grandeza.

Em termos de Marketing, essa atitude serve de alerta para todas as marcas que pensam que precisam seguir o que todo mundo faz apenas para se encaixar em uma tendência ou conquistar determinados resultados.

Siga as tendências, mas mantenha a autenticidade

Como profissional de Marketing de longa data, posso dizer que o TikTok tem operado como um catalisador para reduzir o conteúdo e sua relevância.

A “geração dos 15 segundos”, como gosto de chamá-la, está tão acostumada a ficar entediada facilmente que você precisa considerar que está criando conteúdo para pessoas preguiçosas. Que situação é essa?

Só para deixar claro: não estou advogando contra o TikTok. Inclusive, a Beyoncé também não, já que ela ofereceu recentemente o seu catálogo inteiro para a plataforma. Mas essa Child of Destiny sabe que o que ela precisa oferecer como artista vai muito além de uma dança viral de 15 segundos.

E você deveria pensar assim também para sua estratégia.

Quantas oportunidades você perdeu por não explorar todo potencial do seu conteúdo? Deixe o seu público saber que sua marca tem o que é preciso para ir até o fim. Não tenha medo de aprofundar o conteúdo, ter significado e entregar relevância.

Mostre aos consumidores que você está no comando! E seja simplesmente você.

Aprenda a usar as ferramentas de Marketing ao seu favor

É muito interessante ver a Beyoncé, depois de todos esses anos, ainda priorizando a originalidade. Sinceramente, acredito que ela só consegue fazer isso porque adapta o contexto às suas necessidades, e não o inverso. E você também pode fazer dessa forma.

Aqui na Rock Content, vivemos e respiramos a produção de conteúdo. Essa é a nossa essência! Defendemos esse propósito com tanta firmeza porque, com o tempo, percebemos que ter um espaço para acolher, nutrir e educar o público é um fator-chave para a construção de relacionamentos produtivos e duradouros.

Hoje, a Beyoncé não está querendo questionar ou cancelar a autoridade do TikTok no mercado. Pelo contrário, ela encontrou uma forma de usar a plataforma ao seu favor, enquanto lança faixas de 6 minutos sem se preocupar.

Você deveria fazer o mesmo, não acha? Acompanhe as tendências, mas não esqueça o que as pessoas querem e precisam. Preste atenção para onde o seu público irá após acessar o seu post.

Assim, em tempos em que seus concorrentes têm sua visão de mercado diminuída por tendências efêmeras, você tem a oportunidade perfeita para se destacar.

Se você está a fim de encarar a missão de produzir conteúdo relevante e original, pode fazer o download do relatório State of Marketing Trends 2022. Elaborado pela HubSpot, em parceria com a Rock Content, Litmus e Wistia, o estudo vai ajudar você a ter seu próprio Renaissance em Marketing e Vendas.

Imagem de capa: beyonce.com

The post A estratégia de Marketing do novo álbum da Beyoncé vai contra a onda do TikTok appeared first on Rock Content – BR.

Fonte do artigo:

Rock Content – BR

Leia o artigo original clicando no link abaixo:

Read More

Leia Também

Postagens relacionadas em nosso Blog sobre Design, SEO, Marketing e Tecnologia.