E-mail: [email protected]   |   Telefone: (41) 99521-8611

Suporte 24/7

Marketing e Branding: afinal, qual é a diferença?
22 de junho de 2022

É comum as pessoas confundirem marketing e branding. Isso acontece porque os termos são muito próximos e complementares. Contudo, há diferenças entre eles. Em pequenas organizações, essas áreas se misturam, tornando ainda mais difícil dissociá-las. Entretanto, cada um dos esforços requer diferentes pesquisas, abordagens e processos. 

Calma, não é tão difícil quanto parece! Porém, é necessário ter esse conhecimento para contribuir com o posicionamento da marca de forma efetiva e realizar ações mais consistentes. Com isso, é possível alcançar melhores resultados.

Em suma, o marketing compreende os esforços para colocar em prática ações que contribuam para a promoção de produtos e serviços. Já uma estratégia de branding consiste em atribuir valor e credibilidade à marca. 

Para que fique mais claro qual a diferença entre marketing e branding, preparamos este artigo. Nele, você vai conferir: 

O que é Marketing?

De acordo com o consagrado autor teórico da área de marketing, Philip Kotler, o marketing serve para suprir necessidades gerando lucro. Essa versão resumida é encontrada em seu livro “Administração de Marketing”.

Contudo, marketing é bem mais abrangente que isso, pois envolve vários processos e ações. Isso requer, por exemplo, suprir de modo satisfatório as necessidades dos consumidores, o que garante a sustentabilidade da marca (branding).

Assim, é possível entender que os esforços de marketing para gerar vendas e, consequentemente, lucros, passa por uma boa estratégia de mercado, o que requer pesquisa e certo conhecimento.

No marketing, o lucro, de fato, estabelece-se como um pilar importante. Isso porque é por meio dele que as necessidades da empresa são supridas, como o pagamento dos salários, a compra de insumos e o custeio da sua infraestrutura.

A questão aqui é conseguir alinhar as expectativas do público-alvo do negócio com o que ele tem a oferecer. 

Para isso, é importante pensar em soluções inovadoras, capazes de levar a companhia aos patamares desejados. Dessa forma, ao criar soluções alinhadas com os propósitos do mercado consumidor, é possível comunicar essas soluções, garantindo o seu valor e os seus atributos.

O que é Branding?

De forma simplificada, branding é o conjunto de ações em sinergia com os propósitos, posicionamento e valores da marca.

A intenção do branding é criar conexões positivas conscientes e inconscientes na mente do consumidor, que serão de fundamental importância para o cliente escolher determinada marca no momento de decidir pela compra de um produto ou serviço.

Com a transformação digital e o aumento da concorrência, conquistar um diferencial de marca é mais do que necessário para conquistar a mente e os corações dos consumidores.

De acordo com um estudo realizado pela Ana Couto Branding, quando a marca é capaz de fazer a conexão com o seu consumidor por meio do seu propósito verdadeiro, a percepção de preço pode sofrer alteração.

De acordo com o levantamento, 67% dos respondentes disseram estar muito dispostos a comprar uma mercadoria de empresas que se conectam com eles a partir de um propósito comum. Com isso, eles se disponibilizam a pagar mais por isso, já que enxergam valor real na compra.

É por isso que contar histórias sobre a marca para conectar pessoas e propósitos tem sido tão utilizado ultimamente. Dessa forma, é possível promover boas experiências com a marca, o que ainda colabora para novas recomendações, sendo essa estratégia uma das ações mais utilizadas para a aquisição de novos clientes.

Qual é a diferença entre Marketing e Branding? 

De forma resumida, marketing visa promover produtos e serviços visando o lucro, enquanto branding tem o objetivo de gerar valor e credibilidade à marca.

Nesse cenário, enquanto marketing visa gerar venda de produtos e serviços, o branding tem o objetivo de associar a presença da marca aos melhores momentos das pessoas. A junção das duas estratégias é responsável por conquistar e fidelizar clientes. 

Funciona assim: o marketing, por meio de suas diversas comunicações e ações persuasivas, tem a função de despertar o desejo do consumidor. Para isso, usa os meios de comunicação online e offline. Já a etapa do branding é a responsável por fixar a marca na memória do público como algo de valor.

Para o sucesso das ações, é importante estar atento ao mercado e às novidades, já que esse é um trabalho constante, pois o direcionamento dos trabalhos deve acontecer com base nos conceitos definidos.

Além disso, para que a sua marca esteja sempre na mente do consumidor e, consequentemente, conquiste a sua preferência, é necessário investir em estudos e tempo para que as ações sejam, de fato, efetivas.

Separamos aqui alguns artigos que podem te interessar:

Ainda não sabe o que é processo de vendas e como adotá-lo de forma estruturada?Que tal saber mais sobre inteligência de vendas e como ela pode ser utilizada?Quer aprender a posicionar a sua marca no mercado de forma efetiva?

Por que esses conceitos são tão importantes?

Aliar marketing e branding é importante porque, enquanto o primeiro chama a atenção do cliente, o segundo é uma forma eficiente de manter a sua atenção.

Nesse cenário, ações coordenadas dessas duas estratégias são fundamentais para destacar a empresa da concorrência.

Além disso, os consumidores gostam de se relacionar e fechar negócio com marcas com as quais se identificam, em que confiam e acreditam. Logo, mesmo o marketing ajudando a superar a desordem e a colocar a sua marca na frente das pessoas certas, caso queira mantê-la em patamar de destaque, será necessário fazer com que as pessoas queiram se conectar a ela.

Portanto, fica fácil entender que, enquanto o marketing gera vendas e lucros, o branding contribui para a marca com a elevação da reputação, reconhecimento e lealdade.

Como vender mais com Marketing e Branding? 

Para vender mais com marketing e branding, é preciso estar atento à evolução da tecnologia e, com ela, às diversas possibilidades do marketing digital. Assim, essas estratégias podem evoluir juntas e de uma forma bem mais rápida adaptando-se às plataformas online.

Nesse cenário, separamos para você algumas dicas de como implementar uma boa estratégia de marketing e branding na sua empresa, contribuindo para a elevação das vendas. Confira!

Defina a persona do negócio 

A definição da persona é de fundamental importância para elevar as vendas. Ela é um personagem fictício criado para representar o cliente ideal da empresa, e você pode criar mais de uma, de acordo com os objetivos do negócio.

Assim, a persona deve integrar o plano de mídia da companhia, pois ela é de fundamental relevância para o planejamento de qualquer estratégia de campanha de marketing digital.

Dessa forma, é por meio dela que é possível compreender melhor o perfil do público que a marca pretende alcançar com as estratégias traçadas. No contexto do branding, as personas ainda levam em consideração os valores, a cultura e o propósito da empresa. 

Tenha uma identidade visual

A identidade visual é a responsável por conferir um “rosto” para a sua marca. Ela é representada por símbolos visuais que englobam:

 logotipo: é a representação gráfica única utilizada para identificar a marca e, dessa forma, destacá-la e diferenciá-la das demais;tipografia: são as fontes responsáveis por destacar e caracterizar as marcas;cores: são usadas para conferir mais visibilidade para a marca e para desencadear sensações e sentimentos.

A criação de uma identidade marcante e que facilita a identificação da marca pelas pessoas é fundamental. Isso porque o público-alvo passa a enxergá-la como um resumo dos maiores valores e elementos representativos de uma empresa, destacando os seus produtos e serviços.

Assim, é esperado que a identidade visual da marca seja capaz de transmitir de forma visual o que a empresa tem de melhor, evidenciando-a para as suas personas de forma positiva.

Invista no posicionamento de marca

O posicionamento de marca é uma estratégia que tem o objetivo de assegurar um espaço na mente dos consumidores, destacando-o em meio à concorrência. Ela faz parte de um incansável trabalho e que deve estar sempre atualizado.

O posicionamento da marca trabalha com alguns aspectos, por exemplo, como a sua marca deseja ser reconhecida: pelos valores e promessas da empresa ou pela qualidade do serviço ou produto.

Para tanto, a marca deve considerar a(s) sua(s) persona(s), o tom de voz, a linguagem, os conteúdos e os canais de comunicação utilizados em prol de sempre vir à mente do consumidor na hora de fazer uma escolha.

Use email marketing

O email marketing é uma forma eficiente de se comunicar com o público via correio eletrônico, levando em conta tanto as estratégias de branding quanto de marketing.

Ele faz parte das estratégias de marketing digital e é um canal de comunicação direto com o consumidor. Entre as suas vantagens está o formato flexível e o alto retorno financeiro.

Esteja presente nas redes sociais

Com a transformação digital e o acesso cada vez maior das pessoas a dispositivos conectados à internet, as redes sociais se tornaram uma forte estratégia para se comunicar com os mais variados tipos de público. Por isso, devem ser consideradas nas estratégias de marketing e branding. As redes sociais mais utilizadas na atualidade são:

Instagram;TikTok;WhatsApp;Facebook;Twitte;Pinterest, entre outras.

Nessas plataformas, a comunicação é massiva e é possível estabelecer meios para a marca e consumidor se relacionarem.

Tenha um bom site

No mundo altamente digital e tecnológico, ter um site é fundamental para destacar as estratégias de marketing e branding. Além de valorizar a marca e facilitar a identificação dos produtos e serviços que ela oferece, o site também é fundamental para destacar a empresa da concorrência.

Outro diferencial é que, sites bem otimizados têm mais facilidade de serem ranqueados nas primeiras páginas do Google, contribuindo para que os usuários encontrem com mais facilidade o que buscam.

O site também pode abrigar um blog, contribuindo para que a marca gere autoridade por meio da produção de conteúdo.

Como vimos ao longo desta leitura, marketing e branding são estratégias complementares e de fundamental importância para que sua empresa gere mais negócios.

Ao entender melhor os conceitos, é possível trabalhar estratégias efetivas, diferenciando a marca na mente e no coração dos consumidores.

 Se você gostou deste artigo sobre marketing e branding, confira também este sobre campanhas de branding no YouTube!

The post Marketing e Branding: afinal, qual é a diferença? appeared first on Rock Content – BR.

Fonte do artigo:

Rock Content – BR

Leia o artigo original clicando no link abaixo:

Read More

Leia Também

Postagens relacionadas em nosso Blog sobre Design, SEO, Marketing e Tecnologia.